Left Right

O Significado do Brasão do Kenpo

jul 12, 2010 | Sensei Helio Greca | Kenpo | No Comments

Brasão Kenpo - Ed Parker
Este emblema foi criado em 1960 por Ed Parker e desenhado por Dick e David Tercell para servir como símbolo da IKKA (International Kenpo Karate Association). Ainda que hoje existam centenas de associações diferentes, cada uma adotando seu próprio emblema, o emblema criado por Ed Parker vai ser sempre lembrado como o verdadeiro símbolo do Kenpo.
O Tigre:
Representa a força terrestre e material que se obtém durante as cinco primeiras etapas do aprendizado. Nesta fase o estudante está impressionado com a descoberta de sua própria habilidade física, força e potência.
O Dragão:
Representa a força espiritual que acompanha o processo de aprendizagem. Este estágio espiritual se atinge após muitos anos de disciplina e treinamento. Está acima da força terrestre (como pode se ver no emblema). Neste estágio de aprendizado o indivíduo conquistou humildade, autocontrole e autoconfiança. A atitude do Dragão é a mais elevada dentro do aprendizado do Kenpo. Ao possuir esta postura o indivíduo não terá medo de seu oponente, consciente do dano que poderia causar em combate, passa a evitar conflitos, e confiante, pois sabe que será o vitorioso em um combate.
O Círculo:
Representa a vida como ela é, um ciclo contínuo sem fim nem começo. Como tal é a arte do Kenpo, um ciclo sem fim de movimentos perpétuos. As técnicas são ciclos e os movimentos são partes do ciclo, coragem, força física, força espiritual e humildade são apenas componentes de um aprendizado progressivo. Todos os movimentos evoluem de um círculo, tanto os defensivos quanto os ofensivos. O circulo representa a união entre os praticantes de Kenpo, que deve ser contínua e infinita. O círculo é a base do alfabeto do Kenpo, donde se originam todos os movimentos.
As Linhas Divisórias:
Representam os dezoito movimentos originais das mãos, que determinam as direções das quais elas podem se mover. Os ângulos de ataque ou de defesa que podem ser utilizados por você, ou pelo seu oponente. As linhas de movimento que podem ser cobertas pelos seus pés.
As Cores:
O círculo é Cinza, representa o cérebro (massa cinzenta), o pensamento.
O Branco representa a grande quantidade de iniciantes, que formam o alicerce da arte.
O Amarelo e o Laranja representam os primeiros níveis de aprendizado – o estágio mecânico – o mais perigoso de seu aprendizado, já que está impressionado com seu físico (tigre) e acredita ter todas as respostas.
O Marrom é a cor dos olhos do tigre e representa os estudantes avançados e quão reduzido é o seu número com relação aos iniciantes. Neste nível o estudante é mais observador. Seus olhos são como os do tigre, cautelosos, perscrutadores, sempre buscando níveis mais altos de aperfeiçoamento e competência e se preparando para o dia que usará a faixa de um mestre.
O Vermelho representa todos os mestres acima dos faixas pretas; mas tal como indicam as cores do dragão ainda lhe restam traços de Branco nos olhos, Amarelo E Laranja nas barbatanas, Marrom em suas íris e Preto em suas pupilas. Isto é para lembrar a todos os profesores que sempre se deve ser HUMILDE e capaz de regressar a qualquer nível, não importa qual seja, e realizar qualquer ação que se espera dos demais deste mesmo nível, com objetivo de nunca se exigir demais de seus estudantes.
Escritura Oriental:
É uma homenagem aos pais de nossa arte: os chineses. Os símbolos a direita significam: “Lei do Punho” (Kenpo) e mãos vazias (Karate). Esta é a nossa arte. Os símbolos da esquerda significam . “Espirito do Dragão e do Tigre”, é um constante aviso que nosso objetivo é alcançar um elevado nível espiritual e que o nível físico é só um caminho para este fim.
A Forma:
A parte superior do emblema tem a forma de um teto que oferece abrigo a todos que estão em seu interior, os membros da associação. As laterais são côncavas, semelhantes a um templo budista, concedendo proteção espiritual e sabedoria a todos que estão em seu interior. A parte inferior tem a forma de um machado. Representa a justiça. Se em algum momento um membro for influenciado por idéias malignas, atitudes ou pensamentos contrários a filosofia do Kenpo e venha trazer vergonha a organização, será separado da associação e nunca mais aceito de volta.

Comments are closed.